Evangelista é morto por extremistas após levar muçulmanos a Jesus, em Uganda

  • 01/07/2024
Evangelista é morto por extremistas após levar muçulmanos a Jesus, em Uganda
Evangelista é morto por extremistas após levar muçulmanos a Jesus, em Uganda (Foto: Reprodução)

Extremistas muçulmanos cumpriram suas ameaças de morte contra um evangelista cristão que pregava de porta em porta, no leste de Uganda.

Na noite de 17 de junho, o corpo de Richard Malinga foi encontrado no Pântano Kayete, na vila de Akisim A, distrito de Butebo por um morador local.

Segundo fontes locais, o crime aconteceu após Malinga pregar para muçulmanos e outras pessoas e todos entregarem suas vidas a Jesus.

Malinga foi enviado por uma igreja batista no distrito de Pallisa para visitar casas e compartilhar o Evangelho, disse seu pastor, cujo nome não foi revelado por motivo de segurança.

O pastor contou que enquanto Malinga, de 36 anos, estava cercado por muçulmanos, ele ainda conseguiu enviar uma mensagem de texto a ele contando o que estava acontecendo.

Ameaças e morte

Na manhã de 17 de junho, Malinga deixou sua cidade natal no distrito de Pallisa para pregar sobre Cristo no distrito de Butebo. Lá, várias pessoas, incluindo alguns muçulmanos radicais, converteram-se ao cristianismo, relatou o pastor principal da sua igreja. Naquela mesma noite, Malinga foi assassinado.

“Na noite de 17 de junho, recebi uma breve mensagem de Malinga sobre estar cercado pelos muçulmanos”, disse o pastor. “Escrevi para ele várias vezes, mas não houve resposta.”

Ainda segundo o pastor, o evangelista já havia recebido mensagens ameaçadoras dos extremistas muçulmanos em Budaka, Kadama, Butebo e Pallisa, até que um morador local encontrou o corpo de Malinga.

“Ouvi um lamento alto por volta das 19h30 na estrada principal entre Butebo e a vila de Alodot, perto do Pântano Kayete, em Akisim, uma vila situada no Distrito de Butebo”, disse o morador sob condição de anonimato.

“Corremos para o local e encontramos a vítima em uma poça de sangue, já morto e amarrado com cordas.”

Ao procurarem por sua identidade, encontraram o telefone de Malinga com mensagens para o pastor, para quem então ligaram.

O pastor chamou a polícia no Distrito de Butebo, que chegou ao local com o morador e levou o corpo de Malinga para um necrotério do Distrito de Butebo.

“Nós, como igreja, estamos muito tristes por perder nosso evangelista ativo, devoto e comprometido que conquistou muitas pessoas, incluindo muçulmanos, para o Cristianismo”, disse o pastor.

Perseguição aos cristãos

No dia seguinte, a polícia iniciou uma caçada humana para encontrar os assassinos de Malinga.

O ataque foi o mais recente de casos de perseguição aos cristãos no Uganda documentados pelo Morning Star News.

A constituição de Uganda e outras leis preveem liberdade religiosa, incluindo o direito de propagar a fé e converter de uma fé para outra.

Os muçulmanos não constituem mais do que 12 por cento da população de Uganda, com altas concentrações nas áreas orientais do país.

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/evangelista-e-morto-por-extremistas-apos-levar-muculmanos-jesus-em-uganda.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Top 5

top1
1. Heroi dos Herois

Novo Som com Matos Nacimento - Heroi dos Herois

top2
2. Anderson Freire com Gisele Nascimento - Mapa do tesouro

Anderson Freire

top3
3. Grande é o Senhor

Adhemar deu Campos

top4
4. Não ceda

Rose Nascimento

top5
5. Em teus Braços

Laura Souguellis

Anunciantes